THEOTERAPIA E THEO-OTICA E OS FATORES OLÂMICOS DO SER...

postado em 21 de nov de 2012 13:36 por Heber Zenun

  THEOTERAPIA e THEO-OTICA e os fatores OLÂMICOS do ser e suas conexões com os complexos terminais puros nas funções temporais finitas e materiais do ser...

“Tudo faz DEUS formoso no seu devido tempo; também pôs a ETERNIDADE no CORAÇÃO do homem, sem que este possa descobrir as obras que DEUS fez desde o princípio até ao fim." (Eclesiastes 3:11)..

A complexidade do ser em suas mais profundas e últimas identidades só serão desvendadas se trilhadas as vidas aprendidas e apreendidas a partir do CRIADOR que detém toda a “tecnologia” utilizada para estes elementos existentes...

Assim o ser humano difere de tudo o mais, contendo em si mesmo o fundamento, o cerne eterno, é constituído de eternidade, criado para a eternidade, sendo composto de eternidade a partir de sua criação.

Neste aspecto também semelhante AO QUE O CRIOU, o ETERNO...

Este elemento denominado pela palavra hebraica “OLAM” עוֹלָם

Este termo traz significados próximos ao NOME que o ETERNO deu a si mesmo, um sinônimo próximo de “YHWH” יְהוָֹה (IAVÉ)...

O ser humano é criado “à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” (Genesis 1:26), disse o ETERNO que CRIA o ser humano...

Logo o ser humano se conecta tanto com o universo material, finito, temporal dentro do espaço-tempo-história com seus atributos para esta condição que passa pelas percepções e aprendizados e acúmulos destes aprendizados e transferências destes aprendizados e na utilização correspondente a cada um dos elementos com que vai tratar a partir de sua habilitação a partir do AUTOR de todas as coisas criadas, o ETERNO e assim haverá a condição de manter tudo dentro do alto conceito de “bom”, conforme registra a FALA do ETERNO a inteligência humana em sua primordial lição de vida, que pode ser lida em Genesis 1)...

Mas também o mesmo ser humano detém elementos que são eternos e transcendem o espaço-tempo-história, o universo finito, material, temporal, e mantém contato com a realidade eterna, infinita e imaterial, espiritual e os elementos que lhe mantém conectado a estas dimensões são tão e mais amplas e complexas que os elementos materiais de que se ocupa no momento para lidar com o universo finito.

Estas conexões tem sido alvo de estudos pela Escola de Theoterapia/Theo-ótica desde 1979 em um acumulo de conhecimentos de propriedade significativas onde desenvolvemos a via para a condução habilitada do ser a partir da Ciência adquirida pelo Ensino que o CRIADOR nos passa por SUA Didática.

Em passado recente os estudos humanos tem sofrido diversas interpretações.

Houveram ocasiões que os estudos a respeito dos males humanos em sua saúde física eram tidos como feitiçaria e muitos legítimos estudantes e pesquisadores e cientistas foram condenados e alguns mortos em fogueiras.

Outras áreas mais profundas do ser igualmente mal interpretadas eram os males tidos como algo espiritualizado onde forças malignas imperavam sobre o ser conduzindo aqueles males insondáveis até aqueles momentos e igualmente muitos ao atentarem para estes estudos foram também condenados e muitos destes foram mortos.

Também são evidentes hoje pela história que muitos foram os equívocos, os erros e os charlatões e aproveitadores tem a tendência natural de se aproveitar dos estados de ignorância humana para expandir suas fronteiras de negócios com a pessoa humana.

E neste campo muitos charlatões igualmente foram encontrados, julgados, condenados e mortos, mas outros também permaneceram e mantiveram seus negócios nestes campos.

Em meio a toda esta condição de tatear pela vida a busca pela VERDADE do ser tem sofrido vários revezes e muitos atrasos, mas há avanços significativos nestes últimos séculos, inclusive impulsionado pelo espírito da Reforma Protestante do século XXVI quanto ao incentivo a pesquisa pela VERDADE que culmina com os avanços das diversas ciências paralelamente a pesquisa espiritual e teológica.

O avanço, no entanto se deu em vias de procedimentos de revanche onde no surgimento dos avanços científicos tidos como os campos laboratoriais, e no crescimento da busca pelos significados sendo atrelados em sua maior parte nas vias das respostas por esta ciência material, obscurece-se as homeopaticamente os campos espirituais, psíquicos e psicológicos do ser, conduzindo a formação de uma aura de conotação não científica...

Estas resumidas informações são necessárias e podem ser estudadas a fundo, pelos interessados, por haver um rastro marcante até os dias de hoje quanto a estas conduções do estudo do ser profundo.

Há diversas interpretações e diversas vias, mas poucas seguindo estritamente os ENSINOS a partir do CRIADOR e das habilitações centradas totalmente na CIÊNCIA DE DEUS quanto ao ser para as terapêuticas profundas do ser.

E novamente estamos diante de interpretações que colocam tais dimensões nos campos do esotérico, do religioso, do algo espiritual, dos fenômenos de menor credibilidade.

Tais formas de ver o fenômeno do ser tem feito esta ciência ter estas mesmas dificuldades para habilitar o ser para viver sua real identidade no universo material quanto para suas relações com a realidade eterna que de fato lhe é por significado último...

A THEO-ÓTICA e a THEOTERAPIA, lidam com estas dimensões do ser tendo mantido um centro de pesquisas para tais dimensões conduzindo as pessoas ou grupos interessados em contínuas pesquisas, ensaios e terapêuticas tanto de prevenção (Theo-ótica) quanto na terapêutica do ser lidando com os fenômenos que tiram a “ânima” (vida em seu sendo de eternidade) do ser...

Quanto as conexões do ser em seu âmbito “OLÂMICO”, requer uma condução de amplitude tal que a PALAVRA DO ETERNO seja a via de condução destes pesquisadores e terapeutas bem como dos que se submetem a esta condição terapêutica.

O centro não está no terapeuta, nem no que está em processo de terapêutica, mas está no AUTOR do ser, no THEO, em SUA PESSOA e PALAVRA, que para isto ELE mesmo deu a humanidade para que esta seja beneficiada, a BÍBLIA...

As conexões do ser neste aspecto último é conduzida pela PALAVRA do ETERNO, que atinge os pontos específicos do ser em seu ser, gerando um “CHAMADO” para a CONEXÃO de profundidade e de acerto de identidade.

A partir deste CHAMADO, gerando então a necessária e essencial centralidade terapêutica, inicia-se a condução terapêutica...

O exemplo atual citado em estudo anterior a este do paciente em chamado “estado vegetativo” o sr. Scott Routley, 39 anos, que por novíssimos equipamentos de scanner cerebral pode manter contato entre seu universo vegetativo e “os de fora” (nós), abre-se um grande campo para este tema ser tratado com maior profundidade e seriedade...

O ser e sua identidade, tanto no que conhecemos por vida, morte, estado vegetativo, que até então significava apenas um corpo que se mantinha “vivo” por equipamentos mas a morte de fato já estava lá. Mas a partir de agora já há um grande movimento mundial para uma nova avaliação ética, moral, e terapêutica quanto ao ser humano, quanto a vida, morte e estados intermediários.

Carecemos de interdisciplinaridade e um diálogo constante e amplo a nível científico onde as pesquisas continuam avançando.

Estamos oferecendo uma via construída a partir dos movimentos de vida em ambientes profundos e últimos do ser e no contato deste ser com sua realidade última, sua eternidade, seu ser “OLAMICO”...

O quanto este ser carece de compreender honestamente, dignamente, verdadeiramente, amorosamente, sobre suas funções, seu lugar na existência, a existência no lugar de sua vida...

O fator de decantação de tudo que há e de seu aspecto igualmente participante desta decantação material enquanto ser que mantém sua realidade no universo material, mas igualmente e paralelamente mantém sua existência progressiva e ampla em carências de dimensões eternas que tem sido interpretadas por vias esotéricas, religiosas, sensacionalistas, causando um tipo de desvio da realidade do ser que limita estas dimensões pelas qualidades obtidas pelos serviços nestas esferas esotéricas, religiosas, etc...

Quanto ao ser no entanto, estas vias profundas e últimas estão aguardando o contato que lhe dê a devida, legítima, significativa, verdadeira e real condução que lhe é devido...

E para este aspecto somente na PALAVRA do CRIADOR este contato se legitima e conduz o ser tanto em ótica de prevenção, construção e saúde plena do ser quanto nas terapêuticas necessárias para a correção dos desvios existenciais profundos e principalmente últimos.

As conexões do ser nesta amplitude sem a devida direção pela PALAVRA DO CRIADOR, está em um processo solto e a deriva sob a condição das mais variadas e extensas possibilidades tanto de sua própria criatividade quanto dos que ousam suplantar a PALAVRA DO CRIADOR e lhe tomar o direito de tratamento do ser.

Estes aspectos da identidade do ser estão atrelados os mais diversos aspectos da vida do ser, que dizem respeito a todas as formações legítimas de sua centralidade quanto a VERDADE do que conduzir a si mesmo no aspecto “OLAMICO” quanto as formações da moralidade e da ética de vida, nos campos das pesquisas, das ciências, das filosofias, da educação e de todos os ramos que se desdobra a vida e suas vias de acesso tanto no universo material quanto no âmbito eterno...

Se faz urgente uma busca sincera nestes âmbitos sempre movidos pela referência diretiva da PALAVRA DO CRIADOR como norte para os avanços para que não se dispenda vida, tempo, valores de forma equivocada...

Evidente que nestes aspectos há que se considerar o próprio ser, que se torna ironicamente o maior impedimento a uma ampla pesquisa sob estas condições, pois o ser desenvolve elementos em si mesmo que lhe tornam por dominador último e imutável, tomando qualidades que terminam por embaçar a própria pesquisa e avanços...

No entanto, estamos em contínua busca deste avanço científico do ser sob a PALAVRA DO CRIADOR e abertos ao diálogo com o ser para que lhe ofereça estas condições do CRIADOR para que possa ter a oportunidade deste CHAMADO a uma saúde plena e eterna...

Talvez seja tarde para muitos... Mas... Talvez não seja tarde para alguns...

Heber, pastor e professor...

www.ekklesianascentedecristo.com.br 

Comments